Tipos de aquecedores

Tipos de aquecedores

Existem diversos tipos de aquecedores. Seja para a casa toda, ou para alguns cômodos, há muitas opções no mercado. Conheça agora os tipos de aquecedores e suas vantagens e desvantagens.

Aquecedores elétricos

Estes modelos são alimentados exclusivamente por energia elétrica. Fazem o aquecimento através da passagem da água fria pelas chamadas resistências, que aquecidas pela eletricidade transferem o calor para água.

Podem ser de passagem, ou seja, no qual a água após acionada na torneira ou chuveiro passa diretamente pelo cano de aquecimento e vai até o local requerido. Ou podem ser de armazenamento, no qual a água é aquecida durante algumas horas do dia e fica armazenada num bolier térmico que varia de capacidade em termos de m³.

O custo dos aquecedores elétricos costuma ser menor, porém o consumo de energia geralmente é alto e em caso de quedas de abastecimento elétrico, o mesmo não irá funcionar. Chuveiros elétricos também são considerados um sistema de aquecimento elétrico individual.

Aquecedores a gás

São os aquecedores abastecidos por gás. O abastecimento pode ser feito por gás natural ou GLP (gás liquefeito de petróleo), dependo do modelo e marca.

É importante atentar para este detalhe e pesquisar qual tipo de gás abastece sua residência antes de adquirir um aquecedor. Assim como também se faz necessário verificar a capacidade de aquecimento em termos de metros cúbicos por minuto.

Estes aquecedores podem funcionar no sistema de passagem e armazenamento, assim como os elétricos. Mas diferente dos elétricos necessitam de local ventilado para instalação. Uma vantagem é a garantia de banho quente mesmo em dias de queda de energia e a vazão de água.

Aquecedores solares

Neste sistema o aquecimento se dá através da energia solar. Placas de captação se aquecem e a água fria bombeada passa através dos ductos, sendo aquecida.

Após este processo a água é armazenada em boliers e subsequentemente poderá ser utilizada nas saídas de água da residência. São sistemas demasiadamente mais caros que os demais, porém se trata de um sistema “verde” com emissão zero de poluentes e nenhum consumo de recursos esgotáveis.